Ligue agora : (27) 99710-0054

REPRESENTANTE DE CONSÓRCIO, UTILIZE ESSES PROCEDIMENTOS E EVITE PROBLEMAS

Nos artigos anteriores dei várias dicas sobre como prevenir os principais problemas enfrentados pelos representantes de consórcio.⠀

Hoje vou listar algumas documentos/procedimentos que julgo muito úteis para garantir maior segurança jurídica nas relações comerciais da empresa.⠀

1) Contratos de trabalho adequados para cada tipo de colaborador: os contratos de funcionários celetistas são distintos dos contratos de representação comercial, pois são regidos por leis distintas. Utilizando a modalidade correta de contrato, com cláusulas específicas, o gestor da representação de consórcio evita demandas judiciais.⠀

2) Checagem de venda: há representações que preferem fazer a checagem ou “controle de qualidade” por vídeo e outras que preferem fazer escrita. De ambos os modos é possível ter segurança jurídica, mas é preciso analisar de forma personalizada qual o melhor modo a ser aplicado em cada representação. Definido o melhor modo junto aos gestores, é importante que a equipe responsável pela checagem siga à risca as instruções dadas pelo jurídico, garantindo a qualidade e a lisura em todo o procedimento de venda.⠀

3) Dossiê de venda: cumprido o procedimento de venda, a representação deve guardar de forma organizada o dossiê da venda, na qual conste todos os documentos do cliente, como: contrato, documentos pessoais, checagem, conversas registradas com o cliente etc. Ah! E não confie no WhatsApp para guardar informações, documentos ou conversas, pois se você perder acesso ao aplicativo ou tiver o arquivo de dados das conversas corrompido, pode perder tudo que estava salvo no WhatsApp. Portanto, se possível, faça logo após a venda o print das conversas e salve no dossiê do cliente. Recomenda-se que essa guarda ocorra digitalmente por serviços como Google Drive ou OneDrive, para facilitar a busca posteriormente. ⠀

4) Contrato de cessão de uso de imagem de bem: se sua representação faz parceria com proprietários de imóveis ou veículos para anúncios, é importante que você se resguarde de problemas e firme um contrato com esse parceiro, para evitar que ele depois lá na frente diga que não autorizou o uso da imagem do bem dele.⠀

Bom. Hoje vimos que é possível ter segurança jurídica nas relações da representação de consórcio apenas mudando alguns procedimentos internos. E há muitos outros que podem ser aplicados! ⠀

Se você tem dúvidas, vamos conversar nos comentários.

Um abraço,

RAMON FÁVERO
Advogado – OAB/ES 20.163
Especialista em Direito Empresarial, Tributário, Civil e Previdenciário
Telefone: (27) 99710-0054

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Filiado à ABCONT